Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cidades

No Dia Internacional da Visibilidade Trans, projeto oferece atendimento gratuito para mudança de nome e gênero em Natal

Getty images

Para marcar o Dia Internacional da Visibilidade Transgênero, celebrado nesta quinta-feira (31), o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), da Universidade Potiguar (UnP), dá continuidade ao atendimento gratuito para mudança de nome e gênero nos registros civis de pessoas trans, em Natal.

O serviço, que começou na última segunda-feira (28) e segue até o fim do semestre 2022.1, tem o objetivo de disseminar a conscientização contra a discriminação enfrentada por essa comunidade.

Os agendamentos ocorrem de segunda a sexta-feira, a partir das 8h, presencialmente na sede do NPJ, localizado na Unidade Roberto Freire, zona Sul da capital. Os interessados também podem agendar por meio de mensagem de texto no WhatsApp (84) 99499-2012.

Para fazer a mudança de nome e gênero, é importante ter em mãos os seguintes documentos:

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

·         Certidão de Nascimento atualizada;

·         Certidão de Casamento atualizada, se a pessoa for ou tiver sido casada;

·         Cópias do RG e CPF; de carteira de identidade social, se tiver; do passaporte brasileiro, se tiver; e do Título de Eleitor;

·         Comprovante de Endereço atualizado;

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

·         Comprovante de Renda;

·         Certidões Cíveis e Criminais da Justiça Federal;

·         Certidões Cíveis e Criminais da Justiça Estadual;

·         Certidões de execução criminal da Justiça Estadual;

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

·         Certidão de quitação da Justiça Eleitoral;

·         Certidão de ações trabalhistas;

·         Certidões da Justiça Militar.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Polícia

Uma mulher de 47 anos foi presa por tráfico de drogas na manhã desta sexta-feira (24) por policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia...

Cidades

Um projeto no Rio Grande do Norte vai inaugurar um espaço de apoio às vítimas de violência doméstica. O serviço funcionará de segunda a...

Patrulha da Cidade

Lindiane Beatriz, de 21 anos, retornou para casa na última sexta-feira (17) após 40 dias de internação. A jovem foi brutalmente espancada pelo ex-companheiro,...

Cidades

O Brasil sancionou a lei que garante sigilo do nome da vítima em processos que apuram crimes de violência doméstica e familiar contra a...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO