Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Economia

59% dos brasileiros acreditam em melhora para o país até o final do ano

Foto: Agência Brasil

A economia tem elevado o otimismo do brasileiro em relação às condições gerais do país. Pesquisa Radar Febraban, apurada pela reunião Febraban-Ipespe, aponta que o total de brasileiros que acreditam que o país vá melhorar até o final deste ano cresceu de 53% em junho para 59% em agosto, maior percentual da série histórica. Os que acreditam numa piora, que eram 24%, agora são 18%. Quem não acredita em mudanças somam 20% dos entrevistados.

A percepção sobre aumento dos preços cedeu 4 pontos percentuais agora em relação a junho: a marca agora é de 55%, menor percentual da série histórica. A proporção dos que apontam a diminuição da inflação e dos preços cresceu para 20%.

A pesquisa aponta que a aprovação do governo federal chegou a 55%, maior patamar desde o início do ano. Ao mesmo tempo, houve queda na desaprovação, que chegou a 38%. Nesse cenário favorável, a opinião de que o Brasil está melhor avançou de 41% em junho para 48% em agosto.

“Os resultados dessa edição do RADAR FEBRABAN refletem em grande medida, o ambiente econômico favorável apontado nas últimas avaliações e projeções divulgadas, que indicam desaceleração da inflação, redução da taxa de juros, queda do desemprego, aumento do consumo e adesão às medidas para redução do endividamento”, analisa o cientista político Antonio Lavareda, presidente do Conselho Científico do IPESPE.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Condições gerais do país

A opinião de que o Brasil está melhor avançou de 37% em abril para 48% em agosto. Em relação à pesquisa anterior, de junho, o crescimento foi de 7 pontos. A avaliação de que o país está igual manteve-se em um terço, e os que identificam piora diminuíram, no último bimestre, de 25% em abril para 19%.

Quem acredita em melhora do país até o final de 2023 representa agora 59%, contra 53% de junho. Quem acredita em piora está agora em 18% do total. Em junho eram 24%. Os que não preveem mudanças no quadro até o final do ano continuam a somar um quinto dos entrevistados (20%).

Com informações do SBT NEWS*

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Cidades

O governo federal alterou as regulamentações de planos de previdência privada, para tornar esse tipo de investimento mais atrativo para os poupadores. As atualizações...

Cidades

O Brasil assinou um compromisso para aumentar a participação das mulheres no setor exportador. O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, assinou o documento em...

Saúde

O agravamento da dengue, popularmente conhecido como dengue hemorrágica, se caracteriza por uma queda acentuada de plaquetas, que são fragmentos celulares produzidos pela medula...

Cidades

Os supermercados brasileiros registraram uma nova queda no volume de estoque durante o mês de janeiro. Conforme os dados da Neogrid, empresa especializada em...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO