Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Guerra em Israel

“Estou grávida e sem saber se o meu marido vai voltar a tempo para o parto”, desabafa brasileira que mora em Israel

Foto: Reprodução/TV Ponta Negra

“É a primeira guerra que eu estou presenciando em Israel”, afirma Aline Szewkies, influenciadora digital que mora há 15 anos no país. Em entrevista no Jornal do Dia desta segunda-feira (9), Micarla de Sousa conversou com a mulher, que relatou como estão sendo os dias após o ataque surpresa no país, onde as mortes já passam de 1,5 mil.

“A gente acordou aqui no sábado de manhã com sirenes tocando em Jerusalém. Não é a primeira sirene que eu ouço, mas o ataque que aconteceu é um ataque sem precedentes na história de Israel. 300 mil reservistas foram chamados para proteger Israel, e entre eles, está o meu marido”, relata Aline.

A brasileira é casada com um israelense, que é reservista do exército e foi chamado para o combate. O casal tem um filho de 1 ano e dez meses. “Meu marido no próprio sábado já foi chamado e me deixou em casa com o nosso filhinho, que estou tentando proteger o máximo possível para ele não sentir tudo que está acontecendo”.

Aline está grávida do segundo filho e no início do nono mês da gestação. “Estou sem saber se o meu marido vai voltar a tempo para o parto. Não vou dizer que vivo um drama, mas toda questão familiar, de estar grávida, com o bebê pequeno em casa, preocupada com meu marido que tá no front. Graças a Deus, por enquanto, ele está bem, até as últimas notícias que a gente recebeu”.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Aline tem 34 anos e é natural de Porto Alegre. Ela é nutricionista, guia de turismo e youtuber conhecida pelo canal “Israel com Aline”. Em outra rede social, no Instagram, a influenciadora conta com mais de 417 mil seguidores.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Leia também: Potiguar relata situação após ficar presa em hotel durante guerra em Israel

De acordo com o relato de Aline, há amigos e familiares que estão desaparecidos e faleceram. A brasileira ainda acredita que quem mora em Israel, conhece alguém que foi diretamente afetado por tudo que está acontecendo. “Não é só uma guerra que pessoas estão falecendo, mulheres estão sendo abusadas, crianças estão sendo presas, sequestradas. Além de todo o conflito, a crueldade que os terroristas tratam a população civil dos dois lados é terrível de assistir”.

Notícias relacionadas

Cidades

Os microempreendedores individuais devem ficar atentos para não cometer erros no preenchimento da declaração anual de faturamento (DASN-SIMEI) à Receita Federal. O prazo para...

Política

O ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, disse nesta segunda-feira (19) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é uma “personalidade...

Política

A fala do presidente Lula (PT) comparando os ataques de Israel à Gaza ao Holocausto mobilizou aliados e críticos nas redes sociais. Ministros como...

Política

O governo israelense convocou o embaixador brasileiro depois das declarações do presidente Lula neste domingo (18), em Addis Abeba, Etiópia. Em entrevista coletiva, Lula...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO