Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Guerra em Israel

“Estou grávida e sem saber se o meu marido vai voltar a tempo para o parto”, desabafa brasileira que mora em Israel

Foto: Reprodução/TV Ponta Negra

“É a primeira guerra que eu estou presenciando em Israel”, afirma Aline Szewkies, influenciadora digital que mora há 15 anos no país. Em entrevista no Jornal do Dia desta segunda-feira (9), Micarla de Sousa conversou com a mulher, que relatou como estão sendo os dias após o ataque surpresa no país, onde as mortes já passam de 1,5 mil.

“A gente acordou aqui no sábado de manhã com sirenes tocando em Jerusalém. Não é a primeira sirene que eu ouço, mas o ataque que aconteceu é um ataque sem precedentes na história de Israel. 300 mil reservistas foram chamados para proteger Israel, e entre eles, está o meu marido”, relata Aline.

A brasileira é casada com um israelense, que é reservista do exército e foi chamado para o combate. O casal tem um filho de 1 ano e dez meses. “Meu marido no próprio sábado já foi chamado e me deixou em casa com o nosso filhinho, que estou tentando proteger o máximo possível para ele não sentir tudo que está acontecendo”.

Aline está grávida do segundo filho e no início do nono mês da gestação. “Estou sem saber se o meu marido vai voltar a tempo para o parto. Não vou dizer que vivo um drama, mas toda questão familiar, de estar grávida, com o bebê pequeno em casa, preocupada com meu marido que tá no front. Graças a Deus, por enquanto, ele está bem, até as últimas notícias que a gente recebeu”.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Aline tem 34 anos e é natural de Porto Alegre. Ela é nutricionista, guia de turismo e youtuber conhecida pelo canal “Israel com Aline”. Em outra rede social, no Instagram, a influenciadora conta com mais de 417 mil seguidores.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Leia também: Potiguar relata situação após ficar presa em hotel durante guerra em Israel

De acordo com o relato de Aline, há amigos e familiares que estão desaparecidos e faleceram. A brasileira ainda acredita que quem mora em Israel, conhece alguém que foi diretamente afetado por tudo que está acontecendo. “Não é só uma guerra que pessoas estão falecendo, mulheres estão sendo abusadas, crianças estão sendo presas, sequestradas. Além de todo o conflito, a crueldade que os terroristas tratam a população civil dos dois lados é terrível de assistir”.

Notícias relacionadas

Economia

Uma semana desde o início do período para envio das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), 64.175 contribuintes potiguares já acertaram as...

Cidades

Os microempreendedores individuais devem ficar atentos para não cometer erros no preenchimento da declaração anual de faturamento (DASN-SIMEI) à Receita Federal. O prazo para...

Política

O ministro das Relações Exteriores israelense, Israel Katz, disse nesta segunda-feira (19) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é uma “personalidade...

Política

A fala do presidente Lula (PT) comparando os ataques de Israel à Gaza ao Holocausto mobilizou aliados e críticos nas redes sociais. Ministros como...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO