Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

Caso Kauet: mulher presa em SP é suspeita de ser uma das mentoras do crime

Foto: Reprodução

“Eu sabia, tinha certeza que ela tinha envolvimento. Ela se desculpava bastante e deixava frases desconexas”. Essas palavras são de Luiz Carlos, tio do natalense Kauet Henrique dos Santos, 20 anos, vítima de um crime brutal em agosto desse ano em Foz do Iguaçu (PR). Ele falou em entrevista à equipe de reportagem do Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra, sobre a prisão dos quatro envolvidos no assassinato, incluindo uma mulher identificada como Andreza Maria Guimarães. Ela morava no Rio Grande do Norte e foi presa em São Paulo na semana passada no bairro Moema. A Polícia Civil do Paraná anteriormente que ela era ex-namorada de Kauet, mas retificou no início da tarde desta segunda-feira (27) que Andreza era ex-namorada de um dos suspeitos presos e não do empresário potiguar. De acordo com a família da vítima, a suspeita era cliente do empresário.

Caso Kauet: “posso garantir que todos os envolvidos foram presos”, afirma delegado
Caso Kauet: polícia prende três suspeitos de matar potiguar em Foz do Iguaçu
Caso Kauet: imagens mostram suspeitos entrando em casa onde potiguar foi morto
Caso Kauet: potiguar assassinado em Foz do Iguaçu será sepultado nesta quinta-feira

O crime aconteceu no início do mês de agosto e o tio de Kauet afirma que desde o começo das investigações, suspeitava do comportamento de Andreza e passava para a Polícia Civil. Na época, um vídeo feito pela irmã de Andreza viralizou nas redes sociais. Ela afirmava que a irmã não tinha nada a ver com a morte do jovem empresário. A Polícia Civil do Paraná confirmou a prisão de Andreza e que ela é suspeita da mentoria do assassinato junto com o namorado.

“Eu venho agradecer a todos do Estado de Rio Grande do Norte, que vem torcendo por essa prisão de todos os envolvidos presos. Andreza é um das autoras principais, aonde ia ao público se dizer inocente, e, no qual, eu sabia e tinha certeza, convicção, por motivo de uma experiência que eu tenho. Porque dias antes eu conversava muito com ela e ela se negava a dizer. Deixava frases (desconexas), mas eu tinha certeza que era culpada, porque ela se desculpava bastante e se lamentava muito. Então eu fui tirando minhas conclusões. Que ganhamos com a idade. E foi uma notícia assim que nós já esperávamos (prisão dela). Nós sabíamos a capacidade do delegado. Agradeço as autoridades de todos os estados que foram presentes, tiveram participação direta e indiretamente. Pessoas que são ligadas à área de segurança, que colaboraram com todos para termos essa prisão”, afirma Luiz Carlos.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Foto: Reprodução

QUADRILHA PERIGOSA

De acordo com a Polícia Civil do Paraná, o núcleo executor do crime foi preso na cidade de Belém, os mandados expedidos contra o núcleo logístico do grupo criminoso foram cumpridos na cidade de Aparecida de Goiânia (GO) e São Paulo (SP). O delegado explicou que a cidade de Foz do Iguaçu foi apenas o local escolhido para o assassinato, mas que a quadrilha articulava os crimes em outros estados.

No Pará, a ação se concentrou na Região Metropolitana de Belém. “A PCPR em conjunto com PCPA realizou o cruzamento de dados, o levantamento do local e monitoramento dos investigados, os quais estavam em uma casa na região do Mosqueiro, na praia do Paraíso, em Goiânia”, explicou a Polícia Civil.

A operação contou com 25 policiais da Divisão de Homicídios, além dos policiais da 6ª Subdivisão Policial de Foz do Iguaçu- Paraná.

RELEMBRANDO O CRIME

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Kauet Henrique Nascimento, apareceu morto em uma casa na cidade de Foz do Iguaçu no dia 7 de agosto. A vítima foi visto no dia 4 caminhando em direção à casa com uma mochila nas costas e uma bagagem de mão. Kauet já havia viajado para o Paraná diversas vezes, onde cruzava a fronteira com o Paraguai com o objetivo de comprar celulares e revender no Rio Grande do Norte. Polícia Civil do Paraná identificou o principal suspeito de matar o jovem empresário potiguar e confirmou que a causa da morte foi asfixia por estrangulamento.

Por Robson Bezerra com informações do repórter Sérgio Costa da TV Ponta Negra

Notícias relacionadas

Polícia

Um homem, identificado pela polícia como Márcio Ramos, morreu com vários tiros após sair de um bar no município de Pendências, localizado na microrregião...

Polícia

Um homem de 48 anos foi preso em flagrante com 27 cavalos em situação de maus-tratos, que seriam abatidos ilegalmente para consumo humano no...

Polícia

As buscas para encontrarem Rogerio da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento, os presos que fugiram do Presídio de Segurança Máxima localizado na cidade...

Polícia

Um homem de 47 anos morreu em um acidente no km 145 da BR-101, na cidade de Goianinha, na madrugada desta segunda-feira (19). Segundo...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO