Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

PM é acusado de assassinar torcedor do ABC após jogo da Série B

Foto: Reprodução

Um policial militar foi acusado de assassinar um torcedor do ABC após tumulto entre torcedores do time potiguar e do Sport Recife na noite de 15 de setembro passado, no bairro de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal (RN). O crime ficou comprovado através da análise das imagens de câmeras de segurança existentes na região do fato, depoimentos de testemunhas e perícia balística. O policial foi denunciado por homicídio. A denúncia, feita -pelo MPRN, foi recebida pela Justiça potiguar e o PM é réu em uma ação penal.

Na investigação feita pela Polícia Civil, os indícios de autoria apontam para o PM como sendo o responsável pelo disparo do projétil que atingiu a cabeça e causou a morte de Leonardo Lucas Silva de Carvalho. Na noite de 15 de setembro deste ano, na esquina da rua Palestina com a rua Leonora Armstrong bairro Ponta Negra, o PM matou Leonardo Lucas Silva de Carvalho ao tentar dissipar um tumulto que ocorria entre as torcidas organizadas do ABC e do Sport alvejando a vítima com projétil de arma de fogo. Naquela noite ocorreu o jogo entre as duas equipes no estádio Maria Lamas Farache, conhecido como Frasqueirão, foi empregado um forte aparato policial para garantir a segurança dos torcedores. Mesmo assim, o efetivo utilizado não foi suficiente para evitar que houvesse confrontação entre os torcedores dos clubes.

Em determinado momento, um ônibus com os torcedores do Sport trafegava pela avenida Engenheiro Roberto Freire, quando houve um ataque promovido por torcedores do ABC, o que resultou numa verdadeira batalha campal. “Nesse ínterim, vários policiais militares diligenciaram para conter os ânimos e recolocar os torcedores do Sport de volta ao interior do ônibus, pois àquela altura muitos já haviam partido para briga, inclusive saltando pelas janelas dos veículos. Ocorre que em dado momento um torcedor do ABC (não identificado), posicionado no cruzamento das ruas Palestina e Leonora Armstrong, atirou um rojão em direção a um ônibus com torcedores do Sport, ocasionando a imediata reação do policial militar que estava junto ao canteiro central da Av. Eng. Roberto Freire. Esse policial, portando uma arma de fogo longa, efetuou disparo cujo projétil atingiu a testa de Leonardo Lucas Silva de Carvalho, matando-o”, diz trecho da denúncia.

A análise das imagens apontou levou ao policial responsável pelo disparo fatal. Além disso, as diligências investigativas conseguiram juntar como elemento de prova um estojo de munição, calibre 5.56, que estava no mesmo local em que se encontrava o policial denunciado. Submetido à perícia, ficou comprovado que o estojo teve sua espoleta percutida e detonada pela carabina que era utilizada pelo PM.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Blog do Marcos Lopes

Marcelo Cabo não vira a semana no ABC. Essa é a lógica. Demitir, trazer outro treinador e começar de novo. Assim que é. Blog...

Polícia

Um policial militar, de 50 anos, que não teve o nome identificado, foi preso por policiais civis do Departamento de Combate à Corrupção e...

Blog do Marcos Lopes

Mais uma vez o ABC decepcionou na temporada, agora empatando sem gols com o Globo, dentro do Frasqueirão e ficando fora da semifinal do...

Polícia

Um ataque a tiros ocorrido na rua Maceió, no Bairro Iraque na cidade de Areia Branca, no interior do RN, deixou uma pessoa morta...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO