Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Tudo de Bom

Cuidados cardíacos no carnaval: cardiologista dá dicas para garantir uma folia saudável

Faltando poucos dias para o tão aguardado Carnaval, a empolgação toma conta dos foliões, mas é importante lembrar que o coração, assim como os ânimos, é um músculo suscetível a exigências durante esse período festivo. Muitos, na empolgação, acabam ultrapassando limites físicos, e é crucial conhecer os cuidados necessários para evitar problemas cardiovasculares.

O Dr. Itamar Ribeiro, cardiologista e presidente da Associação Médica do Rio Grande do Norte, trouxe orientações em entrevista ao “Tudo de Bom”. Ele destacou a importância de não subestimar os impactos do Carnaval no coração, especialmente para aqueles que não estão bem condicionados fisicamente.

“O excesso de esforço físico, associado ao consumo de bebidas alcoólicas e energéticos, pode levar a distúrbios no coração, mesmo em pessoas jovens e aparentemente saudáveis. Um exemplo comum é a fibrilação atrial, uma arritmia cardíaca”, alertou o Dr. Itamar.

Ele também abordou o uso excessivo de energéticos, enfatizando que, do ponto de vista médico, essas bebidas não são recomendadas. “Tudo vale a moderação. O Carnaval é alegria, mas ela não deve estar associada aos excessos, seja na bebida, no sono restrito ou nos energéticos.”

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

O médico ressaltou a importância dos cuidados para quem já possui condições cardíacas, como hipertensão e diabetes. Pacientes que fazem uso regular de medicamentos não devem interromper a medicação, mesmo durante os dias de festa.

Além disso, o Dr. Itamar alertou sobre os riscos associados ao uso de substâncias como cigarros eletrônicos e drogas ilícitas. Ele enfatizou a posição contra qualquer tipo de droga, destacando que todas têm potenciais riscos à saúde, podendo levar a complicações sérias, inclusive ao óbito súbito.

Sintomas como palpitações, dor no peito e falta de ar foram citados como sinais de alerta para possíveis problemas cardíacos. O cardiologista aconselhou que, caso alguém sinta esses sintomas, é fundamental procurar ajuda médica.

Por fim, Dr. Itamar chamou a atenção para a importância da moderação não apenas nas atividades físicas, mas também na alimentação, evitando excesso de sal, gordura e comidas pesadas.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Saúde

O Rio Grande do Norte realiza neste sábado (13) o Dia D de vacinação contra a influenza. O Dia D tem como objetivo principal...

Cidades

Um estudo brasileiro, realizado pela Unb (Universidade de Brasília) e publicado pela revista científica International Journal Mental Health and Addiction, aponta que o tratamento de usuários de crack com canabidiol apresenta melhores...

Cidades

O Ministério da Saúde informou, na terça-feira (9), que no Rio Grande do Norte e em outros estados do Brasil estão em cenário menos...

Saúde

Em 2024, o Brasil alcançou o maior número de mortes por dengue em sua história. De acordo com informações do Ministério da Saúde divulgadas...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO