Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Brasil

Operação “Passe Livre” investiga estudante de medicina que teria feito prova do Enem por duas pessoas

Foto: PF/Divulgação

Suspeito em um suposto esquema de fraude do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), investigado pela Polícia Federal, um jovem paraense teria feito a prova para um parente e para um amigo, conforme a apuração. O estudante é um dos três investigados na operação “Passe Livre”, realizada na sexta-feira (16).

O jovem, de 23 anos, cursa medicina na Universidade do Estado do Pará (Uepa), e teria usado documentos falsos para se passar pelo familiar e pelo amigo.

A investigação aponta que a nota no Enem foi conseguida através de fraude, e as duas pessoas foram aprovadas em medicina, pela Universidade do Estado do Pará (Uepa) em Marabá, no entanto, sem terem feito a prova.

As supostas fraudes ocorreram nas provas do Enem de 2022 e 2023, segundo a PF. Os estudantes, no entanto, negam as acusações. De acordo com a PF, um dos jovens já cursa medicina e está no 7° semestre da faculdade, o segundo alvo conseguiu ingressar na universidade em 2022. Já o terceiro, deveria começar o ano letivo no mês de março de 2024.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

As provas dos envolvidos passaram por perícia, que revelou que a escrita dos suspeitos e as grafias na prova de redação são incompatíveis. A letra em ambos exames, de acordo com a investigação, apresenta semelhanças a do aluno de medicina.

“Foi requisitada a perícia da Polícia Federal, perícia grafotécnica ou grafoscopia, que é uma perícia documentoscópica, que identificou que as provas não foram realizadas pela mesma pessoa que estava inscrita no certame”, informou o delegado da PF Ezequias Martins da Silva.

Em nota, a Uepa informou que “execução das provas do Enem é de responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. A Uepa acompanha e colabora com as investigações conduzidas pela Polícia Federal e aguarda a conclusão do processo para tomar as medidas cabíveis”.

A ex-namorada do estudante divulgou prints do esquema na internet antes da operação da Polícia Federal.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Os agentes então entraram em contato com a moça e as imagens irão auxiliar para reforçar a tese investigada.

 

Notícias relacionadas

Polícia

O Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte (ITEP-RN) adotou uma nova metodologia de perícias de comparação facial, resultante de um treinamento...

Polícia

“O que está havendo comigo e com diversas pessoas do Brasil é censura”. O publicitário Rafael Moreno foi um dos alvos da 26ª fase...

Polícia

A Polícia Federal cumpre no Rio Grande do Norte e mais 7 estados mandados de busca e apreensão da 26ª fase da Operação Lesa...

Educação

Os candidatos pré-selecionados na lista de espera do Programa Universidade para Todos (Prouni), referente ao primeiro semestre de 2024, têm até esta quinta-feira (4)...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO