Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Fuga em Mossoró

Demissão de diretor da Penitenciária Federal de Mossoró é oficializada nesta sexta

Foto: Reprodução

A exoneração do diretor da Penitenciária Federal de Mossoró, localizada no Rio Grande do Norte, Humberto Gleydson Fontinele Alencar, foi oficializada nesta sexta-feira (5) por meio do Diário Oficial da União. Embora a medida tenha sido publicada após a captura dos fugitivos Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento em Marabá, no estado do Pará, o documento é datado do dia 25 de março.

Leia mais:

Foragidos recapturados voltam para Mossoró

Os fugitivos foram detidos juntamente com outras quatro pessoas, e durante a operação também foi apreendido um fuzil e diversos aparelhos celulares. Em uma entrevista coletiva, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, ressaltou que criminosos associados às mesmas facções de Mendonça e Nascimento colaboraram durante os 50 dias em que os detentos estiveram em fuga.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

A ação para recapturar os fugitivos envolveu o uso de inteligência, resultando na prisão de 14 pessoas envolvidas no caso e na localização e detenção dos fugitivos a 1,6 mil quilômetros de distância do local da fuga. Lewandowski havia afastado o diretor da unidade prisional de segurança máxima desde o momento em que a fuga dos dois detentos se tornou pública, em 14 de fevereiro. Na ocasião, o ex-diretor da Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná, Carlos Luis Vieira Pires, foi designado como interventor.

Este caso chamou a atenção por representar a primeira fuga registrada no país dentro do sistema penitenciário federal, desde sua implementação em 2006. A rede, coordenada pela Secretaria Nacional de Políticas Penais (Senappen) do Ministério da Justiça e Segurança Pública, é composta por cinco presídios de segurança máxima, dotados de protocolos e sistemas de vigilância avançados.

As investigações indicaram que Mendonça e Nascimento conseguiram escapar da Penitenciária de Mossoró utilizando ferramentas disponibilizadas para uma obra de reforma na unidade. A corregedoria-geral da Senappen informou que, até o momento, não foram encontrados indícios de corrupção relacionados à fuga. Três Processos Administrativos Disciplinares (PADs) foram iniciados para identificar e corrigir eventuais infrações cometidas pelos servidores da unidade.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Polícia

Policiais deram cumprimento a um mandado de prisão em desfavor de um homem, de 42 anos, investigado pela prática de estupro de vulnerável contra...

Polícia

Um homem, ainda não identificado, realizou um arrastão em uma Unidade de Pronto Atendimento, localizada no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal, na...

Polícia

Um dos principais eventos do Oeste Potiguar, o Mossoró Cidade Junina, inicia os festejos no próximo sábado (1º). Segundo o Governo do Estado, cerca...

Polícia

O homem suspeito de assassinar a cunhada em uma reunião familiar em Mossoró (RN) no sábado (25) se apresentou à polícia na manhã desta...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO