Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Política

Morre aos 98 anos o ex-senador Garibaldi Alves, pai do ex-governador Garibaldi Filho

Foto: Reprodução/Instagram

Morreu na madrugada desta quinta-feira (7), aos 98 anos, o ex-senador e ex-vice-governador Garibaldi Alves, pai do ex-governador do RN, Garibaldi Alves Filho. O ex-senador morreu de causa natural em casa. O velório acontece no cemitério Morada da Paz, em Emaús, Parnamirim (RN) a partir das 12h. A missa será às 17h e sepultamento previsto para às 18h no mesmo local.

Garibaldi Alves foi um dos fundadores do MDB no Rio Grande do Norte. Assumiu os cargos de deputado estadual (três mandatos), vice-governador e senador.

Era filho de Manuel Alves Filho e Maria Fernandes Alves, viúvo de Vanice Chaves Alves e pai do ex-senador Garibaldi Alves Filho, Paulo Roberto Chaves Alves, Maria Auxiliadora Alves dos Santos e Maria das Graças Alves Emerenciano. Além dos 4 filhos, ele deixa 10 netos, 15 bisnetos e uma trineta.

Natural de Angicos, ele foi deputado estadual entre 1957 e 1969.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Durante a Ditadura Militar (1964/1985), em 1969, teve seu mandato parlamentar cassado e seus direitos políticos suspensos por dez anos. Depois de sua cassação, assumiu nos anos 70 a superintendência das empresas do grupo têxtil UEB no Rio Grande do Norte.

Voltou ao mandato político em 1987, quando foi vice-governador de Geraldo Melo, e em 2011 atuou no Senado Federal como suplente de Rosalba Ciarline.

 

TCE emite nota de pesar

O Tribunal de Contas do Estado, em nome de todos os seus membros, servidores e colaboradores, manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento, nesta quinta-feira (7/4), do ex-senador e ex-vice-governador do Rio Grande do Norte, Garibaldi Alves, pai do conselheiro Paulo Roberto Alves, presidente do TCE.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Garibaldi tinha 98 anos e faleceu por causas naturais, em decorrência da idade. Integrante da tradicional família Alves, também era pai do ex-governador Garibaldi Alves Filho, e irmão de Aluízio Alves (in memorian), que governou o Estado na década de 60 e iniciou o grupo político que marca a história do Rio Grande do Norte. Era o último dos homens, entre os irmãos de Aluízio, ainda vivo.

Pecuarista, entrou na política em 1957, quando se elegeu deputado estadual, renovando o mandato por mais duas vezes consecutivas. Em 1969, teve o seu mandato e direitos políticos cassados pela ditadura militar por dez anos. Foi eleito em 1986 o vice-governador do Rio Grande do Norte para o período 1987-1991, na gestão Geraldo Melo. Também foi presidente da Telern e da Junta Comercial, e diretor da União das Empresas Brasileiras e da Seridó Têxtil.

Na condição de primeiro suplente, assumiu o cargo de senador em 2011, quando a titular Rosalba Ciarlini renunciou para tornar-se governadora do Estado. Licenciou-se para tratar problemas de saúde.

Desde 2019, Garibaldi era viúvo de Vanice Chaves Alves. Além do conselheiro Paulo Roberto e Garibaldi Filho, ele deixa duas filhas, Maria Auxiliadora Alves dos Santos e Maria das Graças Alves Emerenciano, além de 10 netos e 15 bisnetos.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

O TCE presta solidariedade a todos os familiares e amigos neste momento de dor e tristeza.

Notícias relacionadas

Polícia

Uma operação conduzida pela Polícia Civil de Roraima está em andamento para capturar o ex-senador Telmário Mota, do Solidariedade-RR, que é acusado de ter...

Política

O Senado aprovou, na noite dessa terça-feira (24), o projeto de lei que amplia o sistema de cotas na rede de ensino federal. O...

Política

O diretório estadual do MDB no Rio Grande do Norte divulgou nota oficial na quarta-feira (22) sobre as articulações do partido para as eleições...

Política

Após lutar desde 2020 contra o câncer, morreu aos 86 anos, o ex-senador e ex-governador do Rio Grande do Norte, Geraldo José da Câmara...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO