Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Economia

Mossoró recebe segunda capacitação em empreendedorismo rural

Sessenta lideranças de áreas da reforma agrária localizadas em 14 municípios potiguares receberam treinamento sobre empreendedorismo rural. O evento aconteceu nesta terça-feira (10), no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) – Campus Mossoró.

A capacitação faz parte das ações do Projeto Produtos da Reforma Agrária para o Turismo (Pra Tu), uma parceria entre o Incra e o IFRN. A iniciativa conjunta vai apoiar a entrada de produtos oriundos das 22 mil famílias moradoras dos 287 assentamentos federais do estado na cadeia produtiva e turística.

A capacitação foi dividida em dez módulos: Gestão da Propriedade Rural, Educação Financeira no Campo, Cooperativismo, Associativismo, Comercialização no Meio Rural, Embalagem e Selo no Agronegócio, Segurança Alimentar, Empreendedorismo Rural e Noções de Exportação.

Participaram do treinamento os municípios de Mossoró, Apodi, Carnaubais, Caraúbas, Santa Cruz, Porto do Mangue, Itaipú, Umarizal, São Rafael, Assu, Pendências, Angicos, Governador Dix-Sept Rosado e Afonso Bezerra.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

A agricultora Francileide Lima mora no assentamento Maísa, em Mossoró, o maior do Rio Grande do Norte, com capacidade para 1,1 mil famílias. Na comunidade Agrovila Pomar, ela comercializa hortaliças e frutas. “De início podemos participar com o que já produzimos e, com o passar do tempo, incrementar outras culturas ou aumentar a produção já existente, um auxiliando os demais. O Pra Tu vai ajudar muitos assentados”, disse a agricultora da expectativa em relação ao projeto.

De acordo com o superintendente regional do Incra/RN, Marcelo Gurgel, o projeto vai impactar a economia do estado de forma positiva. “O Pra Tu vai atender os agricultores da reforma agrária, mas também outros setores envolvidos nesta ação. A reforma do prédio está em andamento e, posteriormente, haverá licitação para a contratação da empresa administradora da Central de Comercialização. Os maiores beneficiados serão os assentados e a sociedade que contará com mais um instrumento turístico”, disse o gestor.

O professor do IFRN e coordenador do projeto, Melquíades Pereira, destacou a importância do cooperativismo. “Sozinhos não conseguimos ir muito longe, por isso se cada um aqui buscar trabalhar em equipe, os resultados serão melhores”, considera.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você faz inspeções frequentes na sua casa para evitar focos de reprodução do mosquito transmissor da dengue?

Notícias relacionadas

Polícia

O primeiro homicídio registrado pela polícia, foi de uma vítima identificada como Paulo Roberto de 41 anos, que foi morto próximo a sua casa...

Polícia

Três adolescentes, sendo dois de 14 anos e uma de 12, estão desaparecidos desde às 11h da última terça-feira (25), em Mossoró. Segundo informações...

Economia

A Receita Federal disponibiliza, a partir das 10h desta terça-feira (24), a consulta ao primeiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF)...

Saúde

A Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte informou em nota nesta segunda-feira (23) que notificou um caso em...

Publicidade

Copyright © 2021 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO