Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

Policial Civil é retirado de casa e executado a tiros na Grande Natal

Foto: Ranilson Oliveira

Um policial civil identificado como Cláudio Ferreira da Silva, conhecido como “Cassinho”, 49 anos, foi assassinado na noite de quinta-feira (30) na comunidade de Arenã, em São José de Mipibu, Região Metropolitana de Natal. Vizinhos e amigos enviaram áudios à Polícia avisando que o agente tinha sido retirado de casa por criminosos.

Após a divulgação dos áudios, amigos do policial foram até a casa da família em busca da confirmação das mensagens que circulavam nos grupos do distrito afastado do centro da cidade. Pouco tempo depois, os moradores da região ouviram o barulho de vários disparos e iniciaram às buscas.

A todo instante, policiais civis e militares de cidades como Parnamirim, São José de Mipibu, Monte Alegre e cidades da região, chegavam ao local em busca de qualquer detalhe ou informação, que pudesse ajudar nas buscas pelos Criminosos que podem ter contado com o apoio de um carro, cujas características ainda estão sob investigação.

De acordo com testemunhas, as ações de grupos criminosos fazem parte da rotina dos moradores do Arenã, um lugar que no passado foi sinônimo de paz e tranquilidade, mas que nos últimos meses vem sofrendo com a insegurança.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Segundo o delegado Feitosa, titular da delegacia de São José de Mipibu, onde Cláudio trabalhava, o policial estava sempre disposto a contribuir com os colegas e a sociedade. O agente de Polícia Civil estava de férias e voltaria a trabalhar na próxima segunda-feira.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa esteve no local e ouviu algumas testemunhas. Nenhuma linha de investigação é descartada nesse primeiro momento, mas a DHPP não tem dúvidas de que os suspeitos sabiam que se tratava de um agente de segurança e talvez por isso, o executaram. Após a perícia no local, o corpo do Agente de Polícia Civil Cláudio Ferreira da Silva de 49 anos foi recolhido para a sede do ITEP na Zona Leste de Natal. Cassinho, como era chamado carinhosamente pelos familiares e amigos, dedicou 19 anos à Polícia Civil do Estado. Em nota, a instituição lamentou a morte do agente e agradeceu pelos serviços prestados nessas quase duas décadas de trabalho. Ainda segundo a nota, a polícia civil não medirá esforços até localizar e prender os autores do crime.

Com informações de Ranilson Oliveira – TV Ponta Negra

Anúncio. Rolar para continuar lendo.
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

De Volta Ao Caso

Em mais um episódio da série “De Volta ao Caso”, que foi ao ar no programa ‘Patrulha da Cidade’ desta terça-feira (16), o repórter...

Polícia

O envio de drogas como se fosse uma encomenda ‘simples’ pelos Correios tem se tornado cada vez mais comum. Nesta segunda-feira (15) foram apreendidos...

Polícia

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (16), a Operação Fechados, que investiga as atividades voltadas à prática de contrabando de cigarros e...

Patrulha da Cidade

O Patrulha da Cidade entrevistou o pai do jovem Rayson Igor Campelo da Silva que morreu vítima de acidente no cruzamento das Avenidas Jerônimo...

Publicidade

Copyright © 2021 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO