Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Eleições 2022

Freitas Júnior (PSOL) defende endurecer lei aos agressores de mulher

O candidato a senador pelo PSOL, Freitas Júnior, foi o entrevistado no Jornal do Dia, nesta sexta-feira (9). A jornalista Micarla de Sousa questionou o candidato sobre diversos temas. Caso vença as eleições no dia 2 de outubro, ele afirma que vai lutar pelo endurecimento da Lei Maria da Penha no Senado Federal para que os agressores não sejam apenas presos, mas que haja um trabalho de reeducação e que eles cumpram medidas socioeducativas.

Freitas Júnior afirma que vai defender no Senado cotas paras as mulheres no legislativo, seja nas Câmaras de Vereadores, Assembleias, Câmara Federal e Senado. “Não acho que a participação da mulher na política deva se resumir ao período eleitoral, elas devem ter espaço no legislativo, por isso defendo 30% de cotas para as mulheres.  Não é justo um plenário totalmente masculino discutir direitos das mulheres”, argumenta.

Outra proposta que o candidato pretende batalhar no Senado é a inclusão da maternidade como aposentadoria especial. De acordo com Freitas Júnior, “toda mãe, além das atividades laborais, assume outras responsabilidades, então queremos incluir a maternidade como aposentadoria especial, assim como existe a do pescador e do agricultor rural, para que ela se dedique aos filhos, mas não seja prejudicada, isso vai de acordo com o direito constitucional de proteção à maternidade e infância”.

A jornalista Micarla de Sousa questionou sobre uma proposta que o candidato pretende levar ao Senado caso seja eleito: Renda Básica Cidadão. Freitas explicou que uma das formas de viabilizar o projeto seria necessário acabar com o orçamento secreto que “em 2021 movimentou 16 bilhões de reais o que seria suficiente para pagar um auxílio de 600 reais para 2 milhões de famílias”.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Polícia

Uma mulher de 47 anos foi presa por tráfico de drogas na manhã desta sexta-feira (24) por policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia...

Cidades

Um projeto no Rio Grande do Norte vai inaugurar um espaço de apoio às vítimas de violência doméstica. O serviço funcionará de segunda a...

Patrulha da Cidade

Lindiane Beatriz, de 21 anos, retornou para casa na última sexta-feira (17) após 40 dias de internação. A jovem foi brutalmente espancada pelo ex-companheiro,...

Cidades

O Brasil sancionou a lei que garante sigilo do nome da vítima em processos que apuram crimes de violência doméstica e familiar contra a...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO