Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Esportes

A final da Copa do Brasil contará com campanha para combater o racismo

Foto: Reprodução/Copa do Brasil

Antes da disputa da final da Copa do Brasil entre Flamengo e São Paulo, que acontecerá no domingo (24) no estádio do Morumbi, uma campanha será lançada para combater o racismo nos campos de futebol. Intitulada Com Racismo Não Tem Jogo, a iniciativa divulgará um canal de denúncias para lidar com a questão do racismo no cenário esportivo.

A campanha contará com a presença dos ministros Silvio Almeida (Direitos Humanos e da Cidadania), Anielle Franco (Igualdade Racial) e André Fufuca (Esporte). Durante o evento, será exibido um balão inflável do Disque 100 – Disque Direitos Humanos, que é o canal utilizado pela população para reportar violações de direitos humanos, incluindo casos de racismo durante os jogos de futebol.

No centro do gramado do Morumbi, os ministros também entregarão camisetas aos jogadores com mensagens contra o racismo. Essa campanha faz parte das ações do governo federal para combater o racismo.

“O governo federal está comprometido em promover ações para prevenir e combater atos de intolerância, discriminação e preconceito racial nos estádios brasileiros e também no exterior”, afirmou o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania em comunicado.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

O ministério também destacou os episódios de racismo envolvendo o jogador Vinicius Jr., atacante do Real Madrid e convocado para a seleção brasileira. Um desses incidentes ocorreu em maio durante uma partida contra o Valencia, na Espanha. Torcedores do Valencia chamaram Vinicius de macaco desde a chegada do ônibus no estádio. Essa atitude se repetiu ao longo do jogo, levando ao seu interrompimento quando o atacante apontou para os torcedores que estavam imitando sons e fazendo gestos de macaco.

Em resposta a esses incidentes, o Itamaraty, o Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania e o Ministério da Igualdade Racial, juntamente com outras pastas, divulgaram uma nota convocando as autoridades governamentais e esportivas da Espanha a tomarem medidas para punir os responsáveis e evitar novas ocorrências.

Notícias relacionadas

Saúde

A Associação Médica do RN realiza na próxima terça-feira (27), às 18h, um evento científico em alusão a Campanha Fevereiro Roxo, mês de conscientização...

Brasil

A gravação de uma briga ocorrida neste sábado gerou debates sobre racismo. Um homem negro, sangrando, enquanto foi detido no sábado (17) por policiais...

Saúde

A vacinação contra a dengue para crianças de 10 e 11 anos inicia na próxima segunda-feira (19), em São Gonçalo do Amarante. Segundo informações...

Cidades

O Fundo Brasil de Direitos Humanos vai doar R$ 1,25 milhão para 25 organizações que atuam no combate ao racismo em todo o país. A...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO