Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Brasil

Sem recurso, Caixa suspende indenizações do seguro DPVAT para vítimas do trânsito

Foto: Ilustrativa

O brasileiro que foi vítima do trânsito depois do dia 15 de novembro, terá que bancar, sozinho, as despesas com o tratamento médico, assim como se algum tipo de renda caso enfrente sequelas temporárias ou permanentes e não poderá contar com o seguro por Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (DPVAT), conhecido como o seguro de indenizações às vítimas do trânsito – que morrem ou têm ferimentos.

Vale ressaltar que não são poucas pessoas, já que o trânsito brasileiro mata mais de 33 mil pessoas por ano (DataSus 2021) e mutila outras 500 mil. Isso porque, por falta de dinheiro, a Caixa Econômica Federal (CEF) informou que só vai pagar o seguro DPVAT para sinistros de trânsito (não é mais acidente de trânsito que se define. Entenda) ocorridos entre 1º de janeiro de 2021 até 14 de novembro de 2023.

Segundo o banco, não há recursos para os sinistros registrados depois do dia 14. Assim, a medida é necessária para garantir os pagamentos previstos para o período informado – o que é exigido por lei. O Seguro DPVAT foi criado por lei de 1974 para indenizar vítimas de sinistros de trânsito em todo o território nacional. E passou a ter sua gestão sob responsabilidade da Caixa desde 2021.

Leia também: RN registra maiores acumulados de chuva no Brasil em 24 horas

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Antes, era administrado por uma seguradora, com dinheiro arrecadado por meio de valores pagos obrigatoriamente pelos motoristas. Em 2021, o governo federal transferiu a gestão e operação do Seguro DPVAT para a Caixa Econômica Federal (CEF) e deixou de cobrar o seguro dos proprietários de veículos motorizados no País. A Caixa passou a fazer os pagamentos a partir de um fundo criado com o excedente dos pagamentos do DPVAT.

“Desde janeiro de 2021 até setembro de 2023, a Caixa recepcionou e pagou mais de 1,2 milhão de solicitações de indenizações DPVAT no valor de R$ 2,77 bilhões a 636,7 mil vítimas e/ou herdeiros legais”, diz o banco no comunicado disponibilizado no site.

 

SBT Nordeste (JC)

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Política

Uma audiência pública debateu na tarde desta quinta-feira (22) o aumento no número de multas de trânsito no Rio Grande do Norte. A arrecadação...

Polícia

Um protesto interditou as ruas Almino Afonso e a Esplanada Silva Jardim, localizadas na Ribeira, na Zona Leste de Natal (RN), na tarde desta...

Polícia

Quatro pessoas ficaram feridas durante um atentado ocorrido na tarde da segunda-feira (12), em um sitio de uma  comunidade rural do município de Caraúbas....

Polícia

Um operação realizada pelo  Comando de Policiamento Rodoviário Estadual(CPRE), através  da Lei  Seca,  na tarde deste domingo (11), foram autuadas pelo menos 40 condutores...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO