Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Política

Maduro vai à Rússia se encontrar com Putin em meio à crise com Guiana

Em meio à crise com a Guiana, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, visitará à Rússia ainda este mês para se encontrar com Vladimir Putin. A viagem estava marcada desde outubro, mas o período exato só foi anunciado somente nesta semana pelo Kremlin.

“É muito cedo para anunciar uma data. Concordamos que o senhor Maduro poderia visitar Moscou em dezembro há algum tempo e, quanto às datas, parece que faremos uma confirmação nos próximos dias”, informou o assessor presidencial Yury Ushakov.

 Ushakov não deu detalhes sobre o encontro bilateral e se os líderes discutirão a disputa da Venezuela com a Guiana pelo território de Essequibo.

A província de Essequibo, uma área rica em minerais que compõem 74% do território guianês, é reivindicada pela Venezuela desde 1841. Nesta semana, o governo de Nicolás Maduro apresentou um projeto de lei para anexar a região e criar um novo estado venezuelano. A decisão foi tomada após 95% votarem a favor do plano.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

A ação foi criticada pela Guiana, sobretudo por Maduro ter apresentado um novo mapa da Venezuela, incluindo a região de Essequibo. O país acionou o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) e reforçou a proteção na fronteira, além de pedir o auxílio de nações aliadas, como Brasil e Estados Unidos.

Os Estados Unidos anunciaram operações militares aéreas na Guiana. As manobras foram feitas em parceria com a Força de Defesa da Guiana (GDF) e representam “reforço na parceria de segurança entre Estados Unidos e Guiana e na cooperação regional” entre os dois países, disse Washington, em comunicado.

O ministro da Defesa da Venezuela, Vladímir Padrino López, classificou a operação como uma “infeliz provocação dos Estados Unidos” e afirmou que o país não será “desviado das suas ações para a recuperação do Essequibo”.

A expectativa é que Putin declare apoio à Venezuela, e se coloque contra os Estados Unidos na disputa.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Ataques no RN

Há um ano, uma série de crimes tomou conta do Estado do Rio Grande do Norte. A onda de violência iniciou no dia 14...

Mundo

Mais de 50 países terão eleições em 2024. No Brasil, iremos às urnas para os pleitos municipais, mas grandes potências mundiais como Estados Unidos,...

Internacional

O Supremo Tribunal da Rússia declarou o “movimento LGBTQIA+ internacional” uma organização extremista e proibiu suas atividades em todo o país. A audiência foi...

Política

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou nesta segunda-feira (16), por telefone, com o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. A conversa durou cerca...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO