Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

“O sonho de Brenda era ser reconhecida na advocacia”, relata amigo de advogada assassinada

Foto: Redes Sociais

“O sonho de Brenda era ser reconhecida na advocacia. Ontem foi seu primeiro flagrante”. É o que afirma um de seus melhores amigos, Jonathan de Sousa, que estudou com a vítima assassinada com vários tiros após sair da delegacia, que estava acompanhada de um cliente no município de Santo Antônio, no Agreste Potiguar, na tarde de terça-feira (30). Jonathan deu uma entrevista ao repórter Rogério Fernandes para o programa Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra (SBT).

+ Leia mais notícias no portal Ponta Negra News

Brenda tinha 26 anos, faria 27 no dia 22 de fevereiro e era recém-formada em Direito.” Uma amiga. Uma irmã. Sempre disposta a ajudar”, diz emocionado Jonhatan. A vítima deixou uma irmã de 7 anos e seus pais, Sandro e Maria da Soledade, aos quais ela havia acabado de comprar uma casa para eles. Ela namorava Gibson Sena, que é farmacêutico, há 10 anos.

Segundo a polícia, na hora do assassinato, sua mãe estava na cidade e seu pai, trabalhando.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

O velório de Brenda está previsto para acontecer em Santo Antônio às 16h30 e o sepultamento às 18h.

Antes do desfecho, Brenda dos Santos Oliveira havia compartilhado nas redes sociais uma reflexão sobre a tendência da sociedade em condenar indivíduos: “A sociedade e sua mania de condenar um indivíduo apenas com base no disse me disse”.

A notícia do falecimento de Brenda dos Santos Oliveira foi recebida com profunda indignação pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (CFOAB), pela Seccional no Rio Grande do Norte (OAB/RN) e pela sua Caixa de Assistência (CAARN). A jovem advogada estava desempenhando suas funções profissionais quando se tornou vítima de um ato de violência inexplicável.

Nas redes sociais, amigos e conhecidos lamentam o ocorrido, expressando sentimentos de tristeza. Mensagens como “Brenda Oliveira… simpática, educada, prestativa, responsável, inteligentíssima… descansa em paz amiga, eu te amo!” evidenciam o impacto da perda.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Entenda o caso

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Um homem apontado como suspeito de matar o vaqueiro Vitor Costa na cidade de Santo Antônio, interior do Rio Grande do Norte, e a advogada de defesa dele foram assassinados na tarde desta terça-feira (30). A Polícia Civil confirmou a informação, mas os nomes das vítimas ainda não foram divulgados. O crime aconteceu depois do suspeito ter prestado depoimento na Delegacia de Santo Antônio no início da tarde. Ele saiu acompanhado da advogada e, pouco tempo depois, foram executados a tiros. Segundo informações da Polícia Militar, o cliente dela é conhecido como “Gordinho da Batata”.

Ele foi conduzido na manhã de terça-feira (30) para a delegacia do município, suspeito de ter cometido um homicídio no último final de semana. Por volta das 15h30, quando saíam da delegacia no carro da advogada, a cerca de 600 a 700 metros dali, indivíduos efetuaram vários disparos contra os dois. Ela perdeu o controle do carro, que colidiu com um ônix, mas já estava sem vida.

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) emitiu uma nota pedindo seriedade nas investigações.

 

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Polícia

Um homem suspeito de cometer latrocínio contra uma comerciante no município de Bayeux, Paraíba, foi preso pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte...

Polícia

Um caso macabro de feminicídio chocou a região de Tupã, no Estado de São Paulo. Uma mulher de 53 anos foi brutalmente assassinada pelo...

Cidades

No boletim pluviométrico divulgado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn) nesta terça-feira (27), compreende a ocorrência de chuvas em...

Polícia

A Polícia Militar realizou um treinamento na manhã desta terça-feira (27) com mais de 300 policiais para o clássico entre América e ABC, com...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO