Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

Daniel Alves consegue 1 milhão de euros para pagar fiança e sair em liberdade condicional

Foto: Getty Images

O ex-jogador Daniel Alves conseguiu reunir a quantia de 1 milhão de euros para pagar a fiança e aguardar em liberdade condicional na Espanha, conforme relatado pelo jornal La Vanguardia. Intensas reuniões presenciais e telefônicas entre a equipe de defesa do ex-jogador e financiadores foram mencionadas como parte desse esforço no fim de semana. Espera-se que Daniel Alves seja liberado nas próximas horas. O ex-lateral-direito foi condenado em primeira instância em 22 de fevereiro a 4 anos e 6 meses de prisão por um caso de estupro ocorrido em dezembro de 2022, na boate Sutton, em Barcelona. No entanto, sua defesa recorreu da sentença e solicitou liberdade provisória, o que foi concedido pela Justiça na última quarta-feira (20).

Os juízes que tomaram a decisão afirmaram que não havia mais risco de fuga por parte de Alves nem de reincidência no crime. No entanto, estabeleceram algumas condições para sua soltura, além do pagamento da fiança: a entrega dos passaportes (brasileiro e espanhol), a proibição de comunicação com a vítima e a obrigatoriedade de comparecer semanalmente ao Tribunal de Barcelona. Inicialmente, especulou-se que a equipe de Alves receberia apoio financeiro do pai de Neymar, que já havia ajudado nos custos para redução da pena ao enviar 150 mil euros para pagamento de uma indenização à vítima. Contudo, o pai de Neymar refutou esses rumores, afirmando que o assunto não estava mais sob sua responsabilidade nem a de seu filho.

Leia também:
Daniel Alves: advogada de vítima critica decisão da Justiça e afirma que irá recorrer
Após perder prazo de pagamento da fiança, Daniel Alves passará mais uma noite na prisão

“Como é de conhecimento público, inicialmente ajudei Dani Alves sem qualquer ligação com o processo. Neste momento em que a justiça espanhola já proferiu sua condenação, estão tentando associar meu nome e o de meu filho a uma questão que não nos cabe mais”, declarou. Em entrevista ao programa de rádio El món a RAC1, a advogada da vítima, Ester García, criticou a concessão da liberdade condicional pela justiça espanhola, chamando-a de “escandalosa”. Ela argumentou que “parece que a justiça está sendo feita apenas para os ricos” e anunciou que irá recorrer da decisão.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Fonte: SBT News

Notícias relacionadas

Mundo

A rede social X (antigo Twitter) é alvo de uma Ação Coletiva Estrutural feita, nessa quarta-feira (10), pelo Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) e pelo...

Mundo

Março foi o mês mais quente já registrado na história da Terra. Dados do observatório europeu Copernicus, anunciados na terça-feira (9), revelam que a...

Cidades

O eclipse total do Sol em 2024, que acontece nesta segunda-feira (8), será visível nos três países da América do Norte (Canadá, Estados Unidos...

Polícia

Bandidos foram flagrados interditando uma das principais e mais movimentadas avenidas do Rio de Janeiro. Em um dos crimes, registrados na quarta-feira (3), um...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO