Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Saúde

Ministério da Saúde lança a 6ª edição da Caderneta da Criança

Foto: Rafael Nascimento/MS

O Ministério da Saúde lançou, nesta sexta-feira (5), a 6ª edição da Caderneta da Criança – Passaporte da Cidadania. O lançamento ocorreu durante a comemoração do centenário do Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), no Rio de Janeiro.

A impressão e distribuição dos exemplares em sua versão física está de volta, após ser interrompida há quatro anos. A nova versão traz como novidade a inclusão das vacinas de Covid-19 no Calendário Nacional de Vacinação e mantém seu caráter intersetorial com informações sobre assistência social e educação.

Atualmente, todas as regiões do Brasil já foram contempladas com um total de 6,4 milhões de exemplares. Segundo a ministra da Saúde, Nísia Trindade, o lançamento da sexta edição representa a retomada de um direito das crianças e das famílias. “Ela orienta os responsáveis desde o primeiro momento de vida, sobre as vacinas e todos os cuidados com a criança. É uma caderneta da saúde e da cidadania”, pontuou.

A caderneta serve como um registro de saúde abrangente para crianças até 9 anos, que inclui o histórico de vacinação e orientações sobre desenvolvimento físico e mental, e até mesmo aspectos da educação, direitos garantidos e prevenção a violências. A coordenadora de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente do Ministério da Saúde, Sonya Isoyama Venancio, reforçou o papel desse instrumento como um documento técnico que apoia todas as ações da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Criança. “Um dos seus objetivos é reduzir a mortalidade infantil, mas não somente isso: é uma garantia do pleno desenvolvimento de todas as crianças”, assegurou.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Formato digital

Ela também está disponível de forma digital, em formatos para meninas e para meninos. O Ministério da Saúde realiza distribuição para todas as 26 secretarias estaduais e do Distrito Federal, bem como, para todas as secretarias municipais de saúde das capitais e para os Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEIs). A nova edição também apresenta uma mudança nas cores de capa – de azul para verde, na versão para os meninos, e de rosa para roxo no caso das meninas.

Notícias relacionadas

Saúde

O Brasil ultrapassou a marca de 3 mil mortes por dengue em 2024. Segundo dados do painel de monitoramento do Ministério da Saúde, até a madrugada...

Saúde

O Rio Grande Norte não realizava um volume de captação de múltiplos órgãos como a que aconteceu nesse final de semana, de 24 a...

Saúde

Em um estudo publicado pela revista Cell, cientistas da Universidade Duke, nos Estados Unidos, revelaram que a vacina contra o HIV gerou defesas e...

Saúde

Natal inicia a campanha de vacinação contra poliomielite para crianças com idade entre 1 e 4 anos, 11 meses e 29 dias, nesta segunda-feira...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO