Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cidades

Igarn vai notificar proprietários de barreiros e açudes particulares que transbordaram

Foto: Diassis Oliveira/TV Ponta Negra

O Instituto de Gestão de Águas (Igarn) vai notificar os proprietários de barreiros e do açude particulares que transbordaram na região onde ficava a ponte destruída pela força da água, causando a interdição da BR-304, em Lajes.

Hoje, Rio Grande do Norte conta com um total de 23 reservatórios, que estão com 100% da capacidade. Quinze deles possuem mais de 5 milhões de metros cúbicos.

Segundo o Igarn, o transbordamento do rio Ponta da Serra, que destruiu uma ponte, bloqueando a BR 304, foi ocasionado pela sangria de barreiros e do açude Itapoã, todos particulares e que até então não eram monitorados pelo instituto.

Os proprietários notificados deverão apresentar um projeto de redimensionamento, vertedouro e lâmina de sangria especificado para evitar que o que aconteceu em Lajes se repita.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

“Usaremos todos os expedientes legais para que esse açude não seja recomposto sem que ele, seja devidamente legalizado, sem que se apresente um plano de segurança da barragem”, informou o diretor-presidente do Igarn, Paulo Sidney.

 

 

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Cidades

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) informou nesta sexta-feira (17) que os serviços de implantação do desvio na BR-304 (RN), em Lajes,...

Cidades

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) convocou nesta sexta-feira (17) mais 66 profissionais para compor a força de trabalho e abrir 48...

Cidades

A manhã desta sexta-feira (17) foi complicada para o natalense. Vários pontos de alagamentos foram registrados nas primeiras horas do dia. Quem mora em...

Cidades

Os trabalhadores da Unidade Básica de Saúde de Lagoa Seca, na Zona Leste de Natal, foram surpreendidos ao chegar no local na manhã da...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO