Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Cidades

Rio Grande do Norte tem 31 cidades com risco de desastre ambiental

Município de Canguaretama, Região Metropolitana de Natal. Foto: Ranilson Oliveira/TV Ponta Negra

Com a intensificação das mudanças climáticas provocadas pela ação humana no meio ambiente, têm aumentado os desastres ambientais e climáticos em todo o mundo, a exemplo do que ocorre no Rio Grande do Sul.

No Brasil, o governo federal mapeou 1.942 municípios suscetíveis a desastres associados a deslizamentos de terras, alagamentos, enxurradas e inundações, o que representa quase 35% do total dos municípios brasileiros. No Rio Grande do Norte, 31 cidades foram mapeadas com risco de desastres como enxurrada, inundação e deslizamento.

Confira a lista:

1. Açu
2. Alto do Rodrigues
3. Apodi
4. Caicó
5. Canguaretama
6. Carnaubais
7. Ceará-Mirim
8. Felipe Guerra
9. Goianinha
10. Ipanguaçu
11. Jandaíra
12. Jardim de Piranhas
13. João Câmara
14. Jucurutu
15. Luís Gomes
16. Macaíba
17. Macau
18. Mossoró
19. Natal
20. Nísia Floresta
21. Nova Cruz
22. Parnamirim
23. Patu
24. Pendências
25. Porto do Mangue
26. Santa Maria
27. São Gonçalo do Amarante
28. Tibau do Sul
29. Touros
30. Várzea
31. Venha-Ver

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Parnamirim, Grande Natal, está entre as cidades com riscos de desastre ambiental. Foto: Ranilson Oliveira/TV Ponta Negra

Levantamento 

“O aumento na frequência e na intensidade dos eventos extremos de chuvas vêm criando um cenário desafiador para todos os países, em especial para aqueles em desenvolvimento e de grande extensão territorial, como o Brasil”, diz o estudo do governo federal.

As áreas dentro dessas 1,9 mil cidades consideradas em risco concentram mais de 8,9 milhões de brasileiros, o que representa 6% da população nacional.

O levantamento publicado em abril deste ano refez a metodologia até então adotada, adicionando mais critérios e novas bases de dados, o que ampliou em 136% o número dos municípios considerados suscetíveis a desastres. Em 2012, o governo havia mapeado 821 cidades em risco desse tipo.

Natal, capital do Rio Grande do Norte, está entre as 31 cidades com riscos de desastres ambientais apontadas pelo levantamento do Governo Federal. Foto: STTU/Divulgação

Com os novos dados, sistematizados até 2022, os estados com a maior proporção da população em áreas de risco são Bahia (17,3%), Espírito Santo (13,8%), Pernambuco (11,6%), Minas Gerais (10,6%) e Acre (9,7%). Já as unidades da federação com a população mais protegida contra desastres são Distrito Federal (0,1%); Goiás (0,2%), Mato Grosso (0,3%) e Paraná (1%).

O estudo foi coordenado pela Secretaria Especial de Articulação e Monitoramento, ligada à Casa Civil da Presidência da República. O levantamento foi solicitado pelo governo em razão das obras previstas para o Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que prevê investimentos em infraestrutura em todo o país.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

Notícias relacionadas

Brasil

A Embraer, terceira maior fabricante de aviões do planeta, abriu 66 vagas de trabalho em várias unidades no Brasil. Os postos de trabalho abrangem...

Brasil

A qualidade do ar será monitorada e deverá se adequar à proteção da saúde da população e do meio ambiente em todo o Brasil....

Cidades

Uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) revelou que 28 municípios do Rio Grande do Norte não estão oferecendo vagas suficientes em...

Brasil

As agências bancárias liberam, nesta segunda-feira (17), o quinto lote do PIS/Pasep 2024, ano base-2022. Diferente dos outros anos, o calendário foi unificado, levando...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO