Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

Acusado de atirar no rosto e matar ex-namorada é condenado a 23 anos de prisão

O acusado de atirar no rosto e matar ex-namorada no interior do Rio Grande do Norte foi condenado a 23 anos de prisão. O crime aconteceu no dia 23 de novembro de 2019, na cidade de São Miguel, no Oeste do estado. O ex-namorado da vítima, Renata Ranyelle Almeida trabalhava como vendedora e foi baleada em um suposto assalto.

Na ocasião, o assaltante fugiu sem levar nada. Depois de ficar seis dias internada na UTI, Renata não resistiu aos ferimentos e morreu. Paulo Roberto da Silva, ex-namorado de Renata, foi apontado como principal suspeito. O que acabou sendo confirmado após investigação da Polícia Civil. Ele foi preso em dezembro de 2019 em São Paulo e confessou o crime.

O júri popular aconteceu nesta terça-feira (15), onde foram ouvidas oito testemunhas de acusação e uma de defesa. Paulo Roberto foi sentenciado a 23 anos e 9 meses de prisão.

Notícias relacionadas

Polícia

Policiais civis da 42ª Delegacia de Polícia de Areia Branca (42ª DP) prendeu em flagrante uma mulher por posse ilegal de munições de arma...

Brasil

O empresário que disparou cinco vezes contra um casal durante uma briga de trânsito, em Boituva, interior de São Paulo, foi preso nesta quarta-feira...

Polícia

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte, através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), deflagrou a 2ª fase da “Operação...

Internacional

Uma garçonete de um café nos Estados Unidos reagiu à agressão de um cliente e quebrou o para-brisa do carro do agressor com um...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO