Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Brasil

Acusado de matar Marielle Franco é expulso da Polícia Militar do Rio

Foto: Lucas Landau

O sargento reformado da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) Ronnie Lessa, acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, foi expulso da corporação.

Segundo a assessoria de imprensa da PM fluminense, ele foi “excluído” da corporação na última quarta-feira (8).

Ronnie Lessa e outro acusado dos homicídios, o ex-policial militar Élcio Queiroz, estão presos desde março de 2019. Eles respondem por duplo homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emboscada e recurso que dificultou a defesa da vítima) e pela tentativa de homicídio contra uma assessora de Marielle, que sobreviveu.

Além do processo relativo ao homicídio, Lessa já teve prisão preventiva decretada por lavagem de dinheiro e foi condenado em processos por tráfico internacional de armas e por ocultação das armas usadas no assassinato de Marielle e Anderson.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

A vereadora e o motorista foram mortos a tiros em 14 de março de 2018, na região central da cidade, quando voltava para sua casa.

Agência Brasil

Notícias relacionadas

Polícia

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou, na terça-feira (18), a abertura de um novo inquérito sobre a investigação do assassinato da vareadora Marielle...

Judiciário

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes manteve na sexta-feira (17) a prisão do delegado da Polícia Civil do Rio de...

Polícia

O ex-marido de uma mulher, suspeito de agredir violentamente a ex-companheira de 22 anos, no bairro Nordeste, na Zona Oeste de Natal, na noite...

Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, convocou a imprensa nesta terça-feira (19) para atualizar informações sobre o caso Marielle Franco. A...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO