Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

Mulher se joga de carro em movimento após ser torturada por 6 horas

Uma mulher de 48 anos se jogou de um carro após ser torturada pelo ex-companheiro, um professor de jiu-jitsu, no Rio de Janeiro. O homem foi preso nesta segunda-feira (29).

O suspeito e a ex tiveram um relacionamento por 25 anos e têm dois filhos.

Segundo a Polícia Civil, a vítima procurou a delegacia e disse que foi mantida sob tortura por seis horas dentro de um carro. Além disso, a mulher relatou que, para escapar, se jogou do carro em movimento.

A vítima contou à polícia que o suspeito parou perto de um motel e tentou estuprá-la. Ela disse ter sido agredida com mordidas, torção de dedo, punho, puxão de cabelo e enforcamento.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.

A vítima já tinha medida protetiva decretada em 2023.

A Polícia Civil solicitou um mandado de prisão preventiva e conseguiu localizar e prender o suspeito.

Notícias relacionadas

Cidades

A cuidadora Vânia Cavalcante, de 36 anos, retornou para casa após ficar 12 dias internada no Hospital Walfredo Gurgel. A mulher foi atropelada por...

Cidades

O Senado Federal aprovou, o Projeto de Lei 501/2019, que prevê a criação de um plano de metas de estados, Distrito Federal e municípios...

Polícia

A Polícia Civil investiga a morte de um bebê recém-nascido, na cidade de Arez, a cerca de 59 km de Natal (RN), na madrugada...

Polícia

Um mulher de 32 anos foi presa na terça-feira (2) pelo crime de tráfico de drogas. A prisão foi realizada  por policiais civis da...

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO