Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Saúde

Saúde recomenda que gestantes usem máscara para evitar varíola dos macacos

Foto: Pixabay

O Ministério da Saúde recomendou que gestantes, puérperas e lactantes continuem utilizando máscara de proteção para evitar infecções por varíola dos macacos. Em caso de diagnóstico positivo para a doença, a pasta indica o isolamento domiciliar por 21 dias com automonitoração, acompanhando a temperatura e evolução de lesões cutâneas.

Apesar da doença ser considerada autolimitada, que geralmente apresenta cura espontânea, em alguns casos, pode haver a necessidade de tratamento, sobretudo em pessoas imunossuprimidas. Na maioria das vezes, só há indicação de uso de tratamento sintomático para febre e dor.

Confira dicas:

  • Afastar-se de pessoas que apresentem sintomas suspeitos como febre e lesões de pele-mucosa (erupção cutânea, que habitualmente afeta o rosto e as extremidades, e evolui de máculas para pápulas, vesículas, pústulas e posteriormente crostas);Usar preservativo em todos os tipos de relações sexuais (oral, vaginal, anal) uma vez que a transmissão pelo contato íntimo tem sido a mais frequente;

    Estar alerta para observar se sua parceria sexual apresenta alguma lesão na área genital e, se presente, não tenham contato;

    Manter uso de máscaras, principalmente em ambientes com indivíduos potencialmente contaminados com o vírus;

  • Procurar assistência médica, caso apresentem algum sintoma suspeito, para que se estabeleça diagnóstico clínico e, eventualmente, laboratorial.

Na segunda-feira (1º), o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou, nesta 2ª feira (1º.ago), que o Brasil receberá o antiviral tecovirimat para reforçar o combate contra o surto de varíola dos macacos no país. Segundo ele, o medicamento, aprovado desde 2018, será enviado por intermédio da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas).

Até domingo (31), foram contabilizados 1,3 mil casos de varíola dos macacos no Brasil, com destaque para os estados de São Paulo (1.031 ocorrências) e Rio de Janeiro (142). Na última semana, o país registrou a primeira morte pela doença, o que resultou na primeira reunião para elaborar um plano de contingência contra o surto do vírus.

Anúncio. Rolar para continuar lendo.
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Internacional

Cientistas chineses e de Singapura detectaram em 35 pessoas um vírus derivado de animais, na província de Shandong e de Henan, na China. O...

Saúde

A Campanha Nacional contra poliomielite será incorporada pela plataforma RN Mais Vacina, no Rio Grande do Norte. O objetivo é auxiliar no gerenciamento de...

Saúde

“Podemos afirmar que estamos [RN] em transmissão comunitária da doença, visto que os últimos dois casos são de pessoas que não vieram de outros...

Turismo

Com intuito de reforçar as orientações sanitárias que já vem sendo adotadas pela rede hoteleira desde a pandemia da Covid-19, a ABIH-RN em conjunto...

Publicidade

Copyright © 2021 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO